Nizan entra no negócio de PR

O publicitário Nizan Guanaes assumiu que a abertura do escritório para a agência de propaganda Africa em Nova York tem ambições claras: será uma empresa de PR (Public Relation). Ou seja, reconheceu que a melhor forma de chamar o tipo de serviço de marketing que seu grupo de comunicação, o ABC, quer passar a prestar é mesmo “relações públicas”.  PR é a prática, difundida nas grandes corporações, de divulgar produtos, serviços e marcas sem recorrer à tradicional propaganda, que é bem mais cara. Sem o recurso dos anúncios,  apela a ações de relacionamento e obtenção de exposição em mídia de forma indireta.

Há algum tempo, em uma coletiva para a imprensa em que enalteceu as ações de PR. Ninzan foi questionado sobre se investiria no segmento e  não quis associar as ações que divisava intensificar no seu negócio na categoria PR. Agora, no entanto, reconheceu que quer entrar nesse filão. Na festa de entrega dos troféus aos 12 vencedores da 29ª edição do Prêmio Profissionais de Marketing, promovido pela Editora Referência, na segunda-feira, admitiu: “Estamos lançando a África Global e não vejo outro forma de classificá-la a não ser como uma empresa de PR”, disse ele.

Consultados, os sócios do grupo ABC também presentes ao evento _ onde Nizan foi celebrado pela atuação que vem desenvolvendo em eventos globais _, reconheceram que há projetos nessa linha em elaboração para clientes como o Banco Itaú e a mineradora Vale.  Afinal, dizem, empresas quem têm projeção internacional não podem se limitar a fazer apenas anúncios em publicações estrangeiras para ter suas marcas reconhecidas.

O Brasil  ganhou visibilidade, ninguém mais dúvida do atual interesse no País. Nizan, como profissional antenado em sua área, não quer perder a oportunidade de aproveitar a onda. “Meu papel é vender o Brasil até em elevador”, brincou ao mencionar o recente sucesso de uma ação de PR,que promoveu em Nova York, para falar de Brasil e que teve total adesão de público. Como diz, é hora das empresas brasileiras ocuparem todos os espaços possíveis para se promoverem. E é exatamente isso que a Africa Global quer vender.

BNDES

Nizan também desmentiu, mais uma vez, a venda de participação de seu grupo a conglomerados estrangeiros, como chegou a ser veiculado por alguns colunistas de negócios e sites de publicidade. “Não que não seja verdade que o Grupo ABC possa ter interesse em vender ações. Mas eu não vou vender ações para parceiros estratégicos estrangeiros como o WPP, Interpublic ou Omnicon (os três maiores conglomerados de serviços de marketing do mundo). O grande passo agora seria procurar um parceiro que estimule nosso crescimento aqui. Por que não pensar no BNDES ?”, ponderou ele.

No Brasil, o banco de incentivo ao desenvolvimento do governo, o BNDES, não tem hábito de apoiar o setor de serviço e, em particular, o de propaganda e marketing. “O Brasil é festejado por sua economia criativa”, disse Luiz Lara, presidente da Associação Brasileira das Agências de Publicidade (ABAP), da agência Lew,Lara\TBWA e que esteve no evento. “Nosso problema é o custo do capital para crescermos. Então, porque o BNDES não investe no setor? No passado, éramos desorganizados em gestão e governança, mas isso está mudando e a política do BNDES também deveria que mudar”.

About these ads
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Rama

     /  20/10/2010

    Oi Marili,

    Muito legal o post. Se puder, gostaria de fazer uma ressalva no primeiro parágrafo.
    Sou formado em RP, e sua definição / atuação não é exatamente esse de se dedicar ao caminho inverso da publicidade. A atuação do Relações Públicas abrange as tomadas de decisão em Marketing e Publicidade, levando em conta principalmente a gestão da marca, também conhecido como branding, avaliando e planejando a relação da marca com os seus públicos de forma macro, desde uma ação publicitária até uma ouvidoria, por exemplo.

    Ou seja, Nizan planeja que seu grupo cobre o escanteio e corra pra área cabeçear.

    Abraço,
    Ramatis.

    Resposta
  2. Anna H.

     /  28/10/2010

    Entao eu sou a minha maior ‘public relation’, uai!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 57 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: