Jornalismo se dá em rede

 
Simplesmente sensacional o comercial do diário The Guardian. Eles entenderam tudo. Não adianta se apegar aos velhos métodos. Aqui, guardadas as devidas diferenças de alcance (entre os ingleses a banda larga é superior, mais barata e mais rápida), dois casos recentes confirmam a fórmula. O jornalismo hoje se dá em rede.A garota morta no Hopi Hari estava sentada em uma cadeira interditada no brinquedo Torre. Os investigadores testaram outra cadeira. Nas redes sociais pipocaram fotos da cadeira interditada que expunham o erro. Outra situação dramática, a da moça que morreu brutalmente atropelada, teve manifestação em protesto pela agressividade de motoristas contra bicicletas, convocada nas redes. Parou a avenida Paulista.

About these ads
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 53 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: