Fantasmas & fantasminhas na artimanha de seduzir Cannes

 Cannes Lions Festival 2012 (divulgação)

        Salão do automóvel, nos EUA ou na Europa, exibe lançamentos. Feira internacional de livros, na Alemanha, vende produto. Congresso de tecnologia, seja onde for no vasto mapa mundi, distribui inovação. E o festival de propaganda tem o quê a oferecer? Nada, ou quase nada, além de ideias e valores subjetivos. Criatividade – que é a matéria prima desse negócio de convencimento ao consumo incensando marcas – não se comercializa. Então, dá-lhe premiação.

        Talvez esteja aí uma resposta à exaustiva discussão sobre a finalidade do mar de festivais promovidos por publicitários nos quatro cantos do mundo. Nesses encontros, onde se premia à farta, a finalidade mór é ver, ser visto, e, lógico, conquistar clientes. Festivais de publicidade, apesar da aura de glamour que querem imprimir em torno da premiação de peças publicitárias, é uma simples feira de negócios. Igual às outras. Não há mal nisso. O mundo se move por meio de empreendimentos que rendem lucros e dividendos. Publicidade é parte dessa engrenagem. Simples assim.

        O maior deles – Cannes Lions Festival, promovido anualmente na Riviera Francesa – obedece a essa lógica capitalista. Com uma ampla variedade de categorias, quase sempre celebrando a mesma coisa, os organizadores conseguem fazer as agências de propaganda inscreverem cerca de 30 mil peças. Tudo pago. E caro. Bem caro. Desse imenso universo de canditatos a prêmio, cerca de 10% dos “reclames” saem de Cannes com algum Leão, o tão ambicionado troféu. Atualmente, há mais de 80 países participando da competição. Todos ávidos para se qualificarem em meio a muitos interesses comerciais em jogo.

       Nesse ambiente competitivo, nem todas as propagandas inscritas são verdadeiras. Ou seja, foram feitas com a finalidade de atender a demandas de clientes. Condição que é uma das regras da disputa. Algumas são, digamos assim, licenças poéticas de profissionais do setor. Essas peças ganham o codinome de fantasmas e, todos os anos, geram discussões. Em alguns, os organizadores caçam os troféus ganhos pelos espertinhos que tentaram ludibriar as regras.  

      Este ano, a discussão pegou fogo entre alguns publicitários brasileiros. Parece que a turma verde e amarela exagerou na prática, o que pode resultar em perda de troféus, como já aconteceu no ano passado. Em defesa dos brazucas deve-se lembrar que não são os únicos. Mas há um certo exagero este ano. Muitos querem surfar na onda Brasil, projetada mundialmente pela economia do país menos afetada pelo drama da crise global desencadeada no final de 2008, que afeta os países do primeiro mundo.

       Só que, como bem disse alguém, o Brasil já é suficientemente reconhecido por sua expressão no meio publicitário e não precisaria apelar ao recurso dos fantasminhas que podem não ser nada camaradas. Afinal, é uma atitude discutível de desrespeito às regras do jogo, e que ainda pode afetar negativamente na imagem do País. 

        Acima de tudo, entretanto, cabe aos participantes nesse mundinho assumirem que Cannes Lions é uma feira de negócios. Não é um festival de cinema, repleto de trabalhos autorais. Se os pendores artísticos têm pouco espaço, há outras vantagens já que, pelo menos, o megafestival rola num lugar aprazível, em pleno verão europeu e ainda repleto de gente relevante para o negócio da propaganda. Fazer anúncios para convencer os outros a comprar algo é negócio. Não arte.

ATUALIZAÇÃO: Acabo de ler nos sites do meio publicitário que o Brasil bateu recorde de prêmios no evento do setor na costa francesa.  Conquistou 79 Leões no Cannes Lions 2012.  As agências de propaganda mais premiadas foram:  Ogilvy, DM9DDB, AlmapBBBDO, Young&Rubicam, Talent, Giovanni+DraftFCB e Age Isobar.

Os 79 Leões brasileiros conquistados em 2012 no Cannes Lions, por categoria, segundo a rigorosa apuração do Clube de Criação de São Paulo (CCSP) são:
Film – 05
Film Craft – 04
Branded Content & Entertainment – 02
Outdoor – 16
Promo & Activation – 08
Direct – 05
Mobile – 03
Media – 04
Design – 06
Press – 18
Radio – 4 + GP = 5
Cyber – 03

 

About these ads
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 57 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: